Menopausa e a Saúde da Mulher

O que é Menopausa?

A menopausa é o fim do ciclo reprodutivo feminino e geralmente é diagnosticada quando a mulher não tem o seu ciclo menstrual por um período de 12 meses ou mais. A idade média para o início da menopausa é 51 anos, mas pode acontecer também mais cedo a partir dos 30 anos. O método mais preciso de determinar se uma mulher está na menopausa é medir a quantidade de hormônio folículo estimulante, o FSH no nível sanguíneo.

Na menopausa, os ovários produzem menos hormônios, que causam uma série de mudanças no corpo de uma mulher. A remoção cirúrgica dos ovários e outras condições médicas e tratamentos podem também induzir a menopausa.

As flutuações dos hormônios estrogênio, progesterona e testosterona podem causar irregularidades no período menstrual e se tornar um peso na vida da mulher. Outros sintomas com fogachos(calores no corpo), suores noturno, mudanças de humor, falhas de memória e dores de cabeça, podem começar a aparecer.

A importância do estrogênio

As mulheres geralmente tem um baixo risco para as doenças cardiovasculares até a menopausa, cerca de 50 anos, quando seus níveis de estrogênio diminuem e a relação de estradiol para estrona ficam fora de controle.

Menopausa e desequilíbrio de estrogênio também estão associados com a osteoporose, o câncer de mama e outros problemas graves de saúde.

As pesquisas indicam que além da proteção das artérias do coração, o estrogênio protege contra o declínio cognitivo durante o envelhecimento e contra a Doença de Alzheimer. A razão mais comum para que as mulheres apresentam maior risco para desenvolver a doença de Alzheimer é a reduzida produção de estrogênio após a menopausa. A reposição hormonal de estradiol esta associada com a diminuição do risco de desenvolver esta grave doença.

Permanecer Saudável na velhice depende de vários fatores, incluindo o estilo de vida e a genética. Precisamos repor o que o corpo precisa com suplementos de vitaminas e minerais. É também por isso que a reposição hormonal é importante para restaurar o equilíbrio interno. Muitos médicos simplesmente concentram em aliviar os sintomas com comprimidos farmacêuticos, injeções, gel transdérmico e adesivos. No entanto, para voltar a equilibrar o corpo, ele precisa de substâncias hormonais reconhecidas e um método de liberação de precisão para transportá-los através do fluxo sanguíneo de acordo com as necessidades do organismo.

O mais seguro e eficaz método é a terapia de reposição hormonal isomolecular, usando implantes de pellets de estradiol e testosterona podemos restaurar os níveis hormonais benéficos que o corpo necessita. Implantes de pellets hormonais consistem de baixa dosagem de estradiol e testosterona que liberam lentamente durante 6 meses, 24 horas, 7 dias por semana. Este é o único método de Terapia de Reposição Hormonal Isomolecular que pode liberar mais hormônio quando o corpo necessita.

Depois de décadas de tratamentos com mulheres e homens com este método, observarmos os impactos de mudança e qualidade de vida. A Terapia de Implantes Hormonais mudou a vida de milhares de pacientes, ajudando a reverter a osteoporose grave, melhorar a vida de pacientes com diabetes, hipertensão, obesidade, diminuição da libido sexual ou simplesmente ajudou a revitalizar o próprio casamento. Muitos paciente dizem que receberam de volta o que achavam que haviam perdido para sempre – a sua qualidade de vida.

http://www.dhiogoseronni.com.br

1 responder
  1. Tainimar
    Tainimar says:

    Eu e meu esposo, fizemos o implante hormonal há uma semana.
    Estradiol+testosterona(eu)
    Os fogaços estão sumindo , e estou saindo da fase de desânimo, e agora aguardando a estabilidade da glicemia.
    Muito bom !
    Obrigada doutor Dhiogo!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.