Menopausa e a Saúde da Mulher

As flutuações dos hormônios estrogênio, progesterona e testosterona podem causar irregularidades no período menstrual e se tornar um peso na vida da mulher. Outros sintomas com fogachos(calores no corpo), suores noturno, mudanças de humor, falhas de memória e dores de cabeça, podem começar a aparecer.

Testosterona e a Otimização da Saúde

A partir dos 30 anos o corpo do Homem passa a produzir cada dia menos testosterona, e em torno dos 40 a 50 anos, os níveis passam a cair drasticamente. Sinais e sintomas da baixa dos níveis de testosterona como falta de energia, diminuição da massa muscular, da densidade óssea e anemia. Baixos níveis de testosterona também sido associados com aumento de risco de doenças cardiovasculares, dislipidemia com aumento de triglicerídeos e colesterol, disfunção erétil, obesidade, diabetes e mortalidade.
Sua reposição melhora a densidade óssea, função cognitiva cerebral, níveis de energia, humor, é o que mantém você sentindo-se jovem e com vitalidade.
Permanecer saudável na velhice depende de vários fatores como estilo de vida, genética, reposição de sais minerais, vitaminas, reposição hormonal, atividade física, nutrição balanceada, controle da ansiedade do stress e um sono reparador.

http://www.dhiogoseronni.com.br

Menopausa e a Saúde da Mulher

O que é Menopausa?

A menopausa é o fim do ciclo reprodutivo feminino e geralmente é diagnosticada quando a mulher não tem o seu ciclo menstrual por um período de 12 meses ou mais. A idade média para o início da menopausa é 51 anos, mas pode acontecer também mais cedo a partir dos 30 anos. O método mais preciso de determinar se uma mulher está na menopausa é medir a quantidade de hormônio folículo estimulante, o FSH no nível sanguíneo.

Na menopausa, os ovários produzem menos hormônios, que causam uma série de mudanças no corpo de uma mulher. A remoção cirúrgica dos ovários e outras condições médicas e tratamentos podem também induzir a menopausa.

As flutuações dos hormônios estrogênio, progesterona e testosterona podem causar irregularidades no período menstrual e se tornar um peso na vida da mulher. Outros sintomas com fogachos(calores no corpo), suores noturno, mudanças de humor, falhas de memória e dores de cabeça, podem começar a aparecer.

A importância do estrogênio

As mulheres geralmente tem um baixo risco para as doenças cardiovasculares até a menopausa, cerca de 50 anos, quando seus níveis de estrogênio diminuem e a relação de estradiol para estrona ficam fora de controle.

Menopausa e desequilíbrio de estrogênio também estão associados com a osteoporose, o câncer de mama e outros problemas graves de saúde.

As pesquisas indicam que além da proteção das artérias do coração, o estrogênio protege contra o declínio cognitivo durante o envelhecimento e contra a Doença de Alzheimer. A razão mais comum para que as mulheres apresentam maior risco para desenvolver a doença de Alzheimer é a reduzida produção de estrogênio após a menopausa. A reposição hormonal de estradiol esta associada com a diminuição do risco de desenvolver esta grave doença.

Permanecer Saudável na velhice depende de vários fatores, incluindo o estilo de vida e a genética. Precisamos repor o que o corpo precisa com suplementos de vitaminas e minerais. É também por isso que a reposição hormonal é importante para restaurar o equilíbrio interno. Muitos médicos simplesmente concentram em aliviar os sintomas com comprimidos farmacêuticos, injeções, gel transdérmico e adesivos. No entanto, para voltar a equilibrar o corpo, ele precisa de substâncias hormonais reconhecidas e um método de liberação de precisão para transportá-los através do fluxo sanguíneo de acordo com as necessidades do organismo.

O mais seguro e eficaz método é a terapia de reposição hormonal isomolecular, usando implantes de pellets de estradiol e testosterona podemos restaurar os níveis hormonais benéficos que o corpo necessita. Implantes de pellets hormonais consistem de baixa dosagem de estradiol e testosterona que liberam lentamente durante 6 meses, 24 horas, 7 dias por semana. Este é o único método de Terapia de Reposição Hormonal Isomolecular que pode liberar mais hormônio quando o corpo necessita.

Depois de décadas de tratamentos com mulheres e homens com este método, observarmos os impactos de mudança e qualidade de vida. A Terapia de Implantes Hormonais mudou a vida de milhares de pacientes, ajudando a reverter a osteoporose grave, melhorar a vida de pacientes com diabetes, hipertensão, obesidade, diminuição da libido sexual ou simplesmente ajudou a revitalizar o próprio casamento. Muitos paciente dizem que receberam de volta o que achavam que haviam perdido para sempre – a sua qualidade de vida.

http://www.dhiogoseronni.com.br