Implantes Hormonais Sub Cutâneos

Descubra o poder dos implantes
Natural, seguro e eficaz

O que é implante hormonal?

Você sabia que a terapia de reposição hormonal usando implantes sub cutâneos tem sido realizada há mais de 70 anos? De fato, muitos cientistas tem publicado artigos científicos com avaliações positivas dos benefícios desse tipo de terapia por jornais reconhecidos internacionalmente há décadas.

A terapia com implantes isomoleculares foi desenvolvida na Europa nos anos de 1930. E provou-se ser um tratamento excelente para as deficiências hormonais, especialmente na menopausa. Foi o médico altamente respeitado e pioneiro da endocrinologia, Dr. Robert B. Grennblatt, quem estudou e desenvolveu esse método, e o apresentou aos seus colegas norte -americanos em 1939. Hoje, médicos de todo o mundo, usam os implantes hormonais subcutâneos para restabelecer o equilíbrio hormonal em homens e mulheres de todas as idades.

E o melhor de tudo, de uma maneira natural, segura e eficaz.

Seguros, eficazes, e a conveniente Terapia de Reposição Hormonal por Hormônios isomoleculares (TRHI)
Quando administrados corretamente, o sistema de liberação dos implantes subcutâneos promove uma TRHI segura e eficaz. Na verdade esta via de administração permanence como a única via de liberação hormonal que mais se aproxima do que os ovários e testículos humanos fazem naturalmente. Esse método assegura a mesma liberação continua, 24hs por dia, 7 dias por semana, em pequenas dosagens semelhantes ao que o corpo humano costuma fazer. Você nao tem que colar adesivos de hormônios na pele, se “lambuzar” com cremes, ou lembrar-se de tomar pílulas. E ainda, você estará livre das variações hormonais de altos e baixos (efeito montanha-russa), no sangue, causadas pelos outros tipos de terapia. Os implantes hormonais ainda liberam hormônios no sangue, conforme a necessidade de cada momento do corpo humano, liberando mais ou menos hormônios quando muito ou pouco requisitados, por exemplo, durante exercicios e stress (muito) e no repouso (pouco), trazendo melhores e mais seguros resultados clínicos.

Evite a montanha-russa hormonal

Muitos pacientes em uso de cremes, pílulas, injeções e adesivos, descobrem que seu tratamento hormonal pode fazer surgir efeitos colaterais com o passar do tempo. Os métodos que não usam implantes, liberam uma quantidade de dosagem hormonal irregular e imprecisa, o que produz um efeito semelhante a uma montanha russa, com o sobe e desce nos níveis hormonais do sangue desses pacientes.

Ao longo do tempo, hormônios” extras” que estavam armazenados no corpo, podem voltar ao sistema sanguineo e isto pode causar uma progressiva sobre dosagem(doses em excesso). Esta situação pode causar uma cascata de desequilíbrios e problemas ainda piores do que os problemas iniciais os quais se tentava resolver!

A liberação contínua, de doses regulares e estáveis, realizada pelos implantes da maneira tal qual o seu corpo necessita, é o grande diferencial desta via de administração hormonal. Após decádas de experiência clínica, nós concluímos que esta é a única via de administração de reposição hormonal confiável, quando se visa garantir níveis de hormônios no corpo de uma maneira otimizada e equilibrada.

Junte-se a mais de 100 mil pacientes em todo mundo que têm assumido o controle de sua saúde.

Agende sua consulta online hoje mesmo.

Síndrome Metabólica: Excesso de Peso, Diabetes, Hipertensão Arterial, Colesterol Alto

A Síndrome Metabólica é a combinação da Obesidade, Hipertensão Arterial, Diabetes e Colesterol Alto que colabora para aumentar o risco de outras doenças como o Infarto do Coração e o Derrame Cerebral que são as principais causas de mortalidade nos dias de hoje.

Estudo concluíram que a Síndrome Metabólica pode causar problemas hormonais, isto porque pacientes obesos possuem muita gordura visceral. Esse tipo de gordura causa resistência à ação da insulina levando ao Diabetes e a Hipertensão Arterial.

Com a presença de gordura abdominal, o corpo começa a recusar a ação da insulina, que aumenta na circulação provocando a resistência a insulina, ou seja o pré diabetes. A insulina elevada provoca a diminuição da produção de Testosterona.

A gordura na barriga também promove a transformação da testosterona em outros tipos de hormônios prejudiciais a saúde e diminuindo ainda mais a sua produção.

Estudos Internacionais mostram que a queda dos níveis de testosterona não está associado só ao avanço da idade, mas também a Síndrome Metabólica.

Ao mesmo tempo, descobriu-se que a testosterona pode ter impacto muito favorável na distribuição da massa óssea, massa muscular e provocando a perda de gordura corporal melhorando a secreção da insulina da pressão arterial e do diabetes.

A Síndrome Metabólica pode levar a deficiência de testosterona e a deficiência de testosterona pode levar a Síndrome Metabólica, gerando um círculo vicioso. Mas a terapia hormonal, combinada com uma dieta balanceada e práticas de atividade física regular resulta no alívio dos sintomas e controle da Síndroma Metabólica.

Os pacientes diagnosticado com a Síndrome Metabólica devem fazer os exames regulares para verificar seus níveis hormonais, de colesterol, glicemia, níveis de pressão arterial. E claro, perder peso e praticar atividade física para reduzir a gordural abdominal.

www.dhiogoseronni.com.br