Modulação Hormonal 

Felicidade e saúde podem durar para sempre !!!

NÃO PERDEMOS NOSSOS HORMÔNIOS PORQUE ENVELHECEMOS. E SIM, ENVELHECEMOS PORQUE PERDEMOS NOSSOS HORMÔNIOS.

Todo o indivíduo, ao envelhecer, passa por uma perda lenta e gradativa de seus hormônios. Isso começa por volta dos 32 aos 35 anos e vem acompanhado de diversas conseqüências.

QUALIDADE DE VIDA PARA TODA A VIDA.

Os hormônios são substâncias que influenciam diretamente na saúde e no comportamento humano. A manutenção de níveis hormonais próximos aos da juventude, evita que vários orgãos e sistemas adoeçam, prolongando a vida e conferindo um alto grau de qualidade de vida na velhice. A Modulação Hormonal é feita atravéz dos Hormônios Bioidênticos.

BENEFÍCIOS DA MODULAÇÃO HORMONAL.

Aumento da massa muscular, Aumento da força e da resistência física,
Melhora do humor,
Aumento da capacidade de trabalho e produtividade, Aumento da libido e melhora da ereção,
Aumento da memória e da velocidade de processamento cerebral,
Reduz o risco de osteoporose, Efeito antidepressivo;,
Redução dos riscos de câncer de mama, ovários, e de próstata, Redução dos níveis tensionais, Diminui os níveis de glicose melhorando o diabetes tipo II, Aparência mais saudável e bonita.

O QUE SÃO OS HORMÔNIOS BIOIDÊNTICOS ?

São hormônios, produzidos pela Engenharia Genética Recombinante de DNA e que por serem idênticos aos nossos só nos trazem os benefícios da terapia hormonal, sem os riscos produzidos pelos hormônios sintéticos.

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

O diagnóstico é clínico e laboratorial e após a sua confirmação passamos a administrar Hormônios Bioidênticos. No caso do homem a TESTOSTERONA BIOIDÊNTICA na forma de gel transdérmico, pastilhas sublingual. Em alguns casos o resultado é rápido e muito eficiente com reversão dos sintomas apresentados em algumas semanas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.