Resolving the issue with synchronization in old versionLISTA - 5 poluentes mais abundantes I Dr. Abílio Seronni

Aprenda agora 5 poluentes mais abundante no nosso dia a dia:

Poluente n1- Solventes: compostos que dissolvem as coisas. O solvente universal é a água, mas felizmente ela não dissolve gordura, ao contrário do solvente a base de benzeno, muito encontrado no petróleo, plástico, fumaças de cigarro, corantes, tintas, pesticidas e produtos farmacêuticos em geral, capaz de dissolver a gordura, destruindo aos poucos a proteção da pele e dos nossos neurônios que são protegidos por estruturas gordurosas e principalmente esse solvente ataca o nosso timo, órgão de suma importância para a defesa do nosso organismo, favorecendo o surgimento da síndrome da AIDS. Além do benzeno, temos o álcool propílico encontrado nos produtos farmacêuticos como removedor de esmalte, desinfetantes e cosméticos que afetam o fígado e estimula o câncer a órgãos distantes;



Poluente n2- Metais: seu grande problema é quando está na forma bruta, puro, pois são capazes de inibir as enzimas do nosso corpo. Por exemplo, o cobre inorgânico faz mal, é carcinogênico, mas já na carne, é fundamental para saúde; Joias, canos de abastecimento e amálgamas dentários geralmente tem mercúrio que é rico em tálio, metal mais tóxico que o próprio mercúrio que afeta nosso sistema nervoso e endócrino. Temos também o alumínio abundante nas panelas e latas e está intimamente relacionado à parte cognitiva, memoria, foco e mal de Alzheimer, a dica aqui é sempre cozinhar usando colheres de pau nestas panelas;



Poluente n3- MIcotoxinas: substratos altamente nocivos advindas do mofo. A principal é a Aflotoxina que incapacita o fígado por semanas. Muito encontrado nos sucos de fruta de caixinha por causa do mofo das frutas mal armazenadas. A dica aqui é sempre comer a fruta e temperar a salada com vitamina C em pó.



Poluente n4- Toxinas físicas: são poeiras e micropartículas de vidro provindas das fibras de vidro. Sempre encontramos fibra de vidro ou amianto em tumores sólidos. Imagina respirar micropartículas de vidro, seu pulmão vai se tornar um cemitério de buracos com bactérias e fungos se proliferando. A dica é evitar telhas de fibra de vidro com amianto!



Poluente n5- Toxinas químicas: Cloroflurocarboneto, ou , CFC, encontrado nas geladeiras, ar condicionados e desodorantes de aerossóis. Pacientes com câncer apresentam CFC, suspeitando que esta substancia tem atração por outros poluentes. Arsênio também é muito comum por compor inúmeros pesticidas, encontramos principalmente no nosso arroz! Temos o PCB ( bifenilos policlorados ), encontrados em sabão e detergente; Temos o formaldeído encontrado até dois anos apos a fabricação de espumas para travesseiro, colchões e sofá.



Resumindo, você vai encontrar um ou vários poluentes se ler a bula dos produtos de limpeza da sua casa, ou do seu carro e do seu gramado! Tem poluente em todo canto e se você não aprender a minimizar o contato com estes poluentes, certamente eles irão leva lo lentamente para a fila do hospital. Felizmente, não vivemos em uma bolha, em contrapartida pagamos o preço. No mundo de hoje, está difícil respirar e não se intoxicar, quem dirá se alimentar ou tomar um simples banho. A dica é sempre procurar alternativas autossustentáveis, naturas, orgânicas, sem tóxicos e colocar em pratica um de cada vez até se tornar um hábito. Por exemplo, troque seu desodorante rico em alumínio e CFC por pedra de amônia orgânica. Caso já esteja doente, a dica é se afastar o mais rápido dos poluentes e fizer a desintoxicação, a expurgação dos poluentes por ressonância e extrato de plantas. Uma vez por ano é aconselhado fazer o detox se você apresenta sintomas de desequilíbrio da saúde física, mental, emocional e espiritual.


Ouça o podcast de número 71 e aprenda mais sobre POLUENTES
https://dicascurtas.com.br/expert-doutor-saude




Já cadastrou para nossa consultoria?
Clika no botão abaixo e siga o passo a passo